Assim diz o Senhor: Ponde-vos nos caminhos, e vede, e perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho, e andai por ele; e achareis descanso para as vossas almas. Mas eles disseram: Não andaremos nele. Jr. 6:16

"Estou crucificado com Cristo" "Ich bin Mit Cruscificado Christus" "Yo estoy crucificado con Cristo" "Ik ben gekruisigd met Christus" "Я являюсь распят со Христом" キリストと共に十字架につけられています。Je suis crucifié avec le Christ 我是與基督釘在十字架上 אני ונצלב עם המשיח

domingo, 9 de janeiro de 2011

Lições ministeriais que aprendi em 2010

Por Leonardo Gonçalves
Aprendi que obedecer a Deus não é garantia de tranqüilidade ministerial, e que a liderança traz consigo um peso de solidão tão grande que somente pode ser superado se estamos aos pés do mestre.


Aprendi que liderar é buscar o bem-comum, e que essa busca te levará a ferir interesses particulares. Isso pode gerar críticas muito duras e imerecidas, mas se não somos capazes de conviver com a crítica ao mesmo tempo em que mantemos o autocontrole, podemos dizer adeus ao ministério pastoral.


Aprendi que a maioria dos problemas que enfrentamos na igreja são cortinas de fumaça criadas por satanás para tirar nossa vista daquilo que realmente devia ocupar nossa mente, e que nenhum problema secundário deve tirar nossos olhos da meta ministerial que Deus colocou diante de nós.


Aprendi que o passado existe para ser pesquisado e admirado, mas não pode ser idolatrado. Como diz o provérbio africano: “os cães de ontem não podem caçar os coelhos de hoje”. É preciso estar disposto a inovar.


Aprendi que se desejamos ter ovelhas-discipulos fiéis que estejam dispostos a morrer por nós, é preciso estar disposto a morrer também por eles. Desde então tenho feito tudo possível para respaldar ministerialmente meus discípulos e demonstrar que se for preciso, morro com eles.


Aprendi que a amizade é um dos bens mais valiosos, e que ninguém pode viver sem ter ao menos um amigo sincero, e que amigo é aquele que, mesmo quando todos te dão as costas, continua acreditando em você.


Aprendi que a maioria dos pastores tem casamentos ruins, famílias problemáticas e poucos amigos, e que devo valorizar ao máximo meus momentos em família e estreitar laços fraternos, para que amanha eu não venha a endossar esta triste estatística.


E como sei que é melhor (e menos doloroso) aprender com alguém do que sozinho, decidi compartilhar essas lições que aprendi, na esperança de que elas possam te transformar em um líder/mentor/pastor/servo melhor.


Feliz 2011!


***
Leonardo Gonçalves é pastor, missionário no Peru, e mentor desta conspiração virtual pelo evangelho genuíno chamada Púlpito Cristão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui!

Pages