Assim diz o Senhor: Ponde-vos nos caminhos, e vede, e perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho, e andai por ele; e achareis descanso para as vossas almas. Mas eles disseram: Não andaremos nele. Jr. 6:16

"Estou crucificado com Cristo" "Ich bin Mit Cruscificado Christus" "Yo estoy crucificado con Cristo" "Ik ben gekruisigd met Christus" "Я являюсь распят со Христом" キリストと共に十字架につけられています。Je suis crucifié avec le Christ 我是與基督釘在十字架上 אני ונצלב עם המשיח

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Cuidado com os falsos Profetas (Num 22:4)


Deus tirou o seu povo do Egito, da escravidão, com mão forte. O povo estava avançando e conquistando todas as terras, que o Senhor havia mostrado e prometido. Este é o propósito principal de termos saído do Egito, viver uma vida de libertação do pecado, de vitória e conquista. Mas para haver vitória e conquista é necessário enfrentar grandes batalhas.
O rei dos Moabitas Abimeleque enviou príncipes com presentes, para convencer o “profeta” Balaão, a amaldiçoar o povo de Israel.
Balaão era um profeta, que conhecia a Deus, não no sentido de ser amigo, de andar com Deus, mas no de conhecer de ouvir falar. Balaão não andava com Deus, e começou a realizar encantamentos e augúrios (maldições).
Satanás sempre age assim, ele nos odeia e quer nos comprar, corromper, e fazer com que amaldiçoemos em vez de abençoar. Ele não gosta quando abençoamos, alcançamos vidas, conquistamos algo ou avançamos. Ele se sente ameaçado e o “seu” território invadido.
Balaão ainda vai consultar a Deus a respeito do pedido de Abimeleque, se ele conhecesse mesmo a Deus, não consultaria a Deus por algo que é obvio que está em desacordo com a palavra Dele.
Podemos tirar algumas lições dessa passagem:

  1. Toda profecia, solicitação, direção e revelação têm que ter o respaldo Bíblico.
Ø  Não era nem pra consultar a Deus.
Ø  Mas o seu interesse estava nos benefícios.
Ø  Qual é o teu preço?
Ø  Dizem que todo homem tem um preço.
Ø  O seu preço já foi pago, um alto preço, pelo Sangue de Jesus, não aceite menos que isso.

  1. Não se pode amaldiçoar o que já foi abençoado v.12
Ø  Deus fala com ele, e diz para ele não ir com esses homens, nem amaldiçoar o seu povo.
Ø  Contra o povo de Deus não vale encantamentos.
Ø  Não tema, se você anda com Deus, nenhuma praga ou maldição te alcançará.
Ø  Deus reverte à maldição em Benção (Dt 23:5).

Balaão dá a resposta aos príncipes e estes se vão. Só que Balaque não desiste, manda novamente príncipes mais honrados e oferece a Balaão muitas coisas.

3.      Deus se ira quando não fazemos a sua vontade
Ø  Balaão já sabia que Deus não queria que ele fosse com aqueles homens e amaldiçoasse o seu povo.
Ø  Mas ele foi consultar novamente, dar um jeitinho INFERLEIRO.
Ø  Se já sabemos a vontade de Deus, não precisamos consulta-la novamente.
Ø  Deus não muda, diz as escrituras.
Ø  Às vezes Deus permite, mesmo sem ser a Sua vontade.

Ø  Às vezes queremos tanto algo, mas Deus sabe que aquilo não é o melhor para nós, ou não é sua vontade.
Ø  Deus se irou a ponto de querer matar a Balaão.

4.      Essa atitude mostra total desconhecimento de Deus
Ø  A jumenta percebeu o Anjo e Balaão não.
Ø  Mostra que às vezes temos uma cegueira espiritual, algo que impede que vejamos com clareza.

5.      Deus envia seu mensageiro, para que você não se desvie
Ø  Deus te quer no centro da sua vontade.
Ø  O Caminho de Deus é perfeito.
Ø  A vontade do Senhor é perfeita e agradável.
Ø  É o melhor para tua vida.

6.      Não maltrate aquele que te mostra o caminho correto
Ø  Ele só está cumprindo a ordem de Deus.
Ø  Ele só quer lhe salvar, ver o seu bem.
Ø  Coisas que você não enxerga, ele vai te mostrar.
Ø  Será que é necessário Deus usar meios sobrenaturais, para você crer que Deus está falando com Você.

7.      Deus abriu os Olhos de Balaão
 Ø  Que teus olhos sejam abertos hoje.
Ø  Que à vontade de Deus fique bem clara para você.
Ø Nesse momento Balaão reconheceu seu erro e humilhou-se, pediu perdão.


     Cândido Mário de Queiroz, pr

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui!

Pages