Assim diz o Senhor: Ponde-vos nos caminhos, e vede, e perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho, e andai por ele; e achareis descanso para as vossas almas. Mas eles disseram: Não andaremos nele. Jr. 6:16

"Estou crucificado com Cristo" "Ich bin Mit Cruscificado Christus" "Yo estoy crucificado con Cristo" "Ik ben gekruisigd met Christus" "Я являюсь распят со Христом" キリストと共に十字架につけられています。Je suis crucifié avec le Christ 我是與基督釘在十字架上 אני ונצלב עם המשיח

quarta-feira, 16 de maio de 2012


Afiando a Serra
Por Robert J. Tamasy

Já teve dias em que você trabalhou o máximo possível e ainda assim não conseguiu realizar nada ou quase nada? Todos nós temos dias assim. Ás vezes, apesar de nossos melhores esforços e intenções, temos pouco fruto do nosso trabalho. Entretanto, a falta de produtividade, às vezes, pode ser atribuída ao fato de deixarmos de “afiar nossa serra”. Imagine a seguinte interação: 
 
Supervisor: “ O que você está fazendo, Luis?”
Luis: " Estou serrando estas pranchas de madeira e elas são muitas!”
Supervisor:  “É mesmo? Mas Luis, não posso dizer com certeza, mas me parece que sua serra precisa ser afiada.”
Luis: “Você tem olhos de falcão, chefe. Já vi facas de manteiga mais afiadas que esta serra”. 
Supervisor:  "Diga-me, Luis. Não me leve a mal por perguntar, mas por que, então, você não afia sua serra?”
Luis:  “Oh, não posso fazer isso agora, chefe. Estou ocupado demais serrando estas pranchas!”
 
Você já esteve em situação parecida? O presidente dos EUA, Abraham Lincoln, disse certa vez: “Se eu tivesse oito horas para derrubar uma árvore, passaria seis horas afiando meu machado.” Este pensamento faz eco ao que diz a Bíblia: “Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força; agir com sabedoria assegura o sucesso” (Eclesiastes 10.10).
 
Trabalho duro, determinação e energia podem realizar muito, mas às vezes, o que o trabalhador precisa é “afiar sua serra”. Como fazer isso, especialmente quando temos muito a fazer e tão pouco tempo? Podemos ter treinamento especial, formação extra e assistir a seminários e conferências, mas há na Bíblia sugestões que consomem menos tempo: 
 
Descanse o suficiente. Pressionados por prazos, somos tentados a trabalhar mais, sacrificando o sono. Isso pode funcionar por curto período de tempo, mas por fim, a falta do repouso necessário cobrará seu preço. “Não adianta trabalhar demais para ganhar o pão, levantando cedo e deitando tarde, pois é Deus quem dá o sustento aos que Ele ama, mesmo quando estão dormindo” (Salmos 127.2).
 
Dedique seu trabalho a Deus. Quais os motivos por trás do seu trabalho: avanço profissional, mais dinheiro, autogratificação? Seria sábio dedicar seu trabalho a Deus e procurar honrá-lo com aquilo que você faz. “Consagre ao Senhor tudo o que você faz, e os seus planos serão bem-sucedidos” (Provérbios 16.3).
 
Confie na direção Dele. Geralmente nosso trabalho é complexo, mas encontramos muitas alternativas que poderíamos buscar. Qual é a melhor e mais eficiente direção a adotar, aquela que vai consumir menos tempo? Podemos não saber, mas a Bíblia diz que Deus sabe: “Em seu coração o homem planeja o seu caminho, mas o Senhor determina os seus passos” (Provérbios 16.9).
 
Ore pedindo sabedoria. Conhecimento e habilidade são ótimos. Mas geralmente sabedoria para agir com mais eficiência é ainda melhor. “Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida” (Tiago 1.5).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui!

Pages