Assim diz o Senhor: Ponde-vos nos caminhos, e vede, e perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho, e andai por ele; e achareis descanso para as vossas almas. Mas eles disseram: Não andaremos nele. Jr. 6:16

"Estou crucificado com Cristo" "Ich bin Mit Cruscificado Christus" "Yo estoy crucificado con Cristo" "Ik ben gekruisigd met Christus" "Я являюсь распят со Христом" キリストと共に十字架につけられています。Je suis crucifié avec le Christ 我是與基督釘在十字架上 אני ונצלב עם המשיח

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Viver pelo Espírito

Por Olga Mariana Paiva
 
Fruto do Espírito ( Gálatas 5.22)...amor, gozo,paz, longanimidade, benignidade, bondade,fé, mansidão, domínio-próprio.

O fruto do Espírito é, pois, a reprodução daquilo que o crente recebe do Senhor Jesus. (João 15.5)

 Três aspectos do fruto do Espírito:

1) Atitude do crente em relação a Deus.
- amor
- gozo
- paz

2) Atitude do crente com relação ao próximo:
( relacionamento social)
- longanimidade
- benignidade
- bondade

3) Atitude do crente consigo mesmo ( sua própria pessoa-conduta)
- fé
- mansidão
-domínio-próprio

O homem por si mesmo produzirá somente "obras da carne" como fruto natural do esforço humano. ( Gálatas 19-21)

Qualidade do fruto ( fruto do Espírito)

AMOR: é a prova de gratidão que o cristão demonstra pelo que tem recebido do Senhor.( Cl 3.14)

GOZO: é o sentimento de possuir aquilo que não se merece, mas que vem como dávida de Deus.( Sl 16.11)

PAZ: é aquela situação de tranquilidade da mente, da alma como resultado de uma comunhão íntima com o Senhor.
( Jo 14.27)

LONGANIMIDADE: significa exercer longo ânimo ou paciência com aqueles que rodeiam o crente(firmeza de ânimo)
é a graça do Senhor para suportar as ofensas

BONDADE: prontidão para ajudar aquele que necessita de uma mão amiga. A bondade é ativa, ela se expressa por meio de boas ações que se pratica. ( Lucas 10.33-37)

BENIGNIDADE: significa tolerância que gera atitudes gentis. 
( 1 Ts 2.7)

FÉ: é a confiança. É crer sem duvidar. É alimentar esperanças. É descansar nas promessas. ( Mat 25.21)

MANSIDÃO: trata-se de uma submissão a Deus. É ser humilde.É ter suavidade no trato . Ser compreensivo, ser brando. ( Nm 12.3; Tg 3.13)

DOMÍNIO-PRÓPRIO: ter autocontrole, autodisciplina.
É a força interior a qual concede a necessária condição de controle ao homem.
É a força que não deixa o crente ser levado pelos seus impulsos ou desejos.
É a questão do limite. ( 1 Cor 6.12)

Negar-se a si mesmo não é fácil. Isso só acontecerá com a intervenção do Espírito Santo de Deus.
E, precisamos entender que: quanto mais perto de Deus nos chegarmos, mais a nossa visão é ampliada.Para termos uma vida espiritual  sadia, e com isto possamos ser um agente de transformação em nossa própria família.Amém

Um comentário:

Deixe seu comentário aqui!

Pages